Weber - Saint-GobainWeber - Saint-Gobain

Impermeabilizante manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit

Impermeabilizante manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit
Impermeabilizante manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit

Benefícios de produtos

  • Excelente resistência ao choque térmico
  • Ótima impermeabilidade

Manta asfáltica produzida a partir da modificação física do asfalto com polímeros, estruturada com não tecido de filamentos contínuos de poliéster previamente estabilizado.

Produto

Apresentação

 

 

Uso

Lajes de estacionamento, tanques e espelhos d´água, túneis, viadutos, rampas, helipontos e etc.

Vantagens

  • Excelente resistência ao choque térmico
  • Ótima impermeabilidade

Propriedades e características

Tipo de colagemMaçarico ou ligante
Espessura4mm
Resistência à tração longitudinal e transversal (mínimo)550N
Alongamento na longitudinal e transversal (mínimo)35%
Absorção d'água (máxima) 1,5%
Flexibilidade à baixa temperatura-5°C
Resistência ao impacto 4,90 J
Escorrimento ao calor (mínimo)95°C
Estabilidade dimensional (máxima)1%
Flexibilidade após envelhecimento (mínimo)5°C
Estanqueidade (mínimo)20 m.c.a
Resistência ao rasgo (mínimo)140N

Consumo teórico aproximado:

manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit: 1,15 m² de manta asfáltica por m² de área impermeabilizada.

Tipo de Acabamento:

PP – Polietileno em ambas as faces para colagem com maçarico

Fornecimento e armazenagem:

manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit: é fornecida em bobinas de 1 m de largura por 10 m de comprimento. Armazenar na posição vertical, nas embalagens originais e intactas, em local coberto e seco, ventilado e longe de fontes de calor.

Validade do produto

05 anos a partir da data de fabricação

Precauções

As medidas de higiene e de segurança do trabalho, as restrições quanto à exposição ao fogo e as indicações de limpeza e de disposição de resíduos devem seguir as recomendações constantes na FISPQ do produto.

 

IMPORTANTE: O rendimento e o desempenho do produto dependem das condições ideais de preparação da superfície/substrato onde será aplicado e de fatores externos alheios ao controle da Weber, como uniformidade da superfície, umidade relativa do ar e ou de superfície, temperatura e condições climáticas, locais, além de conhecimentos técnicos e práticos do aplicador, do usuário e de outros. Em função destes fatores, o rendimento e o desempenho do produto podem apresentar variações. 

Documentação

Enviar ou fazer download de documentação

Você pode enviar a documentação para o endereço e-mail, ou baixá-lo.

Aplicação

Preparo da superfície

A superfície deverá ser previamente lavada, isenta de pó, areia, resíduos de óleo, graxa, desmoldante, manchas de óleo e graxas e/ou qualquer tipo de material que possa prejudicar a aderência do material.

Sobre a superfície horizontal úmida, executar a regularização com caimento mínimo de 1% em direção aos pontos de escoamento de água. A argamassa de regularização deve ser preparada com argamassa de cimento e areia média, traço 1:3, utilizando água de amassamento composta de 1 volume de emulsão adesiva chapix quartzolit e 2 volumes de água para maior aderência ao substrato. Esta argamassa deverá ter acabamento desempenado, com espessura mínima de 2cm.

Na região dos ralos, criar um rebaixo de 1 cm de profundidade, com área de 40x40 cm, com bordas chanfradas, para que haja nivelamento de toda a impermeabilização após a colocação dos reforços previstos neste local.

Todos os cantos e arestas deverão ser arredondados com raio aproximado de 5cm a 8cm.

Nas áreas verticais em alvenaria, executar o chapisco de cimento e areia média, traço 1:3, seguido da aplicação de uma argamassa desempenada, de cimento e areia média, traço 1:4, utilizando água de amassamento composta de 1 volume de emulsão adesiva chapix quartzolit e 2 volumes de água.

Nos vãos de entrada das edificações (portas, esquadrias, etc.), a regularização deverá avançar no mínimo 60cm para o seu interior, por baixo de batentes e contramarcos, respeitando o caimento para as áreas externas, exceto para áreas internas com pisos em madeira ou degradáveis por ação de umidade.

Recomenda-se que as áreas externas tenham cota no mínimo de 6cm menor que as cotas internas, tanto no nível da impermeabilização como no nível do piso acabado.

Os ralos e demais peças emergentes deverão estar adequadamente fixados de forma a executar os arremates. 

Aplcação

Aplicar sobre a regularização seca uma demão de primer pintura asfáltica quartzolit ou pintura asfáltica acqua quartzolit, com rolo ou trincha e aguardar secagem por no mínimo 6 horas.

Aplicação com chama de maçarico:

Alinhar a manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit em função do requadramento da área, procurando iniciar a colagem no sentido dos ralos para as cotas mais elevadas.

Com auxílio da chama do maçarico de gás GLP, proceder à aderência total da manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit. Nas emendas das mantas deverá ter sobreposição de 10 cm que receberão biselamento para proporcionar perfeita vedação.

Execute as mantas na posição horizontal, subindo 10 cm na posição vertical.

Alinhar e aderir à manta na vertical, descendo e sobrepondo em 10 cm na manta aderida na horizontal.

A manta deverá ser aderida na vertical 30 cm acima do piso acabado. Em áreas de Box a manta deverá subir 1,50m.

Após a aplicação da manta asfáltica, fazer o teste de estanqueidade, enchendo os locais impermeabilizados com água, mantendo o nível por no mínimo 72 horas.

Aplicação com chama de maçarico:

Alinhar a manta asfáltica manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit em função do requadramento da área, procurando iniciar a colagem no sentido dos ralos para as cotas mais elevadas.

Com auxílio da chama do maçarico de gás GLP, proceder a aderência total da manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit. As emendas das mantas deverão ter sobreposição de 10 cm para receber biselamento e proporcionar perfeita vedação.

Executar as mantas na posição horizontal, subindo 10 cm na posição vertical.

Alinhar e aderir a manta na vertical, descendo e sobrepondo em 10cm na manta aderida na horizontal.

A manta deverá ser aderida na vertical, 30 cm acimo do piso acabado.

Aplicação com asfalto quente:

Alinhar a manta asfáltica manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit em função do requadramento da área, procurando iniciar a colagem no sentido dos ralos para as cotas mais elevadas.

Aplicar uma demão de Asfalto NBR II ou NBR III com aproximadamente 2 mm de espessura. Simultaneamente desenrolar a manta asfáltica manta asfáltica tipo IV 4mm quartzolit sobre a superfície do asfalto, tomando-se sempre o cuidado de deixar um excesso de asfalto na frente da bobina.

Aplicar forte pressão sobre a manta do centro para fora, a fim de expulsar bolhas de ar que possam estar retidas entre a manta e a superfície.

Todas as mantas deverão ser sobrepostas em 10 cm, observando-se que o asfalto deve ser aplicado também nas sobreposições e que haja excesso de asfalto, de modo a garantir uma perfeita fusão entre as mantas, resultando num cordão de asfalto sobre a emenda.

Executar as mantas na posição horizontal, subindo 10 cm na posição vertical. Alinhar e aderir à manta na vertical, descendo e sobrepondo em 10 cm na manta aderida na horizontal. A manta deverá ser aderida na vertical 30 cm acima do piso acabado.

Aplicar um banho de asfalto, sobre todas as emendas para reforço e correção de possíveis falhas de colagem da manta.

Consumo total aproximado de asfalto para colagem da manta: 3kg/m2.

Após a aplicação da manta asfáltica, executar o teste de estanqueidade, enchendo os locais impermeabilizados com água, mantendo o nível por no mínimo 72 horas.

Camada Separadora

Evita que os esforços de dilatação e contração da argamassa de proteção mecânica atuem diretamente sobre a impermeabilização.

Como camada separadora, utilize filme plástico de 24 micra de espessura.

Em estacionamento, utilizar como camada amortecedora geotêxtil de gramatura mínima de 400grs/m2 e sobre esta colocar a camada separadora (filme plástico de 24 micra de espessura).

Argamassa de Proteção Mecânica

Horizontal

Executar a argamassa de proteção mecânica de cimento e areia média, traço 1:4, desempenada com espessura mínima de 3 cm. Esta argamassa deverá ter juntas perimetrais com 2 cm de largura, preenchidas com selante PU30 quartzolit ou selante PU60 quartzolit.

Vertical

Sobre a impermeabilização, executar chapisco de cimento e areia média, traço 1:3, seguido da execução de uma argamassa desempenada de cimento e areia média, traço 1:4, utilizando água de amassamento composta de 1 volume de emulsão adesiva chapix quartzolit e 2 volumes de água. A argamassa deverá ser armada com tela estruturante, subindo 10 cm acima da manta asfáltica.